Moderno e fascinante, equipe da CGE-MS fica surpresa ao visitar o Bioparque Pantanal

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, abril 19, 2022 as 12:00 | Voltar

A equipe da Controladoria-Geral do Estado conheceu, nesta segunda-feira (18.4), o Bioparque Pantanal. O espaço foi inaugurado no dia 28 de março e, desde então, está aberto para visitas institucionais e de alunos da rede pública de ensino.

A obra tem a assinatura do arquiteto e designer brasileiro Ruy Ohtake (in memorian). Ele foi responsável por mais de trezentas obras realizadas no Brasil e no exterior, além de atuar como professor na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie e da Universidade Católica de Santos.

Moderno, o espaço impressiona. De acordo com a assessora, Ana Cristina Monteiro de Oliveira Barbosires, “Eu já tinha ouvido falar e estava com muita expectativa de visitar o local, uma obra imensa, inigualável e, realmente, fiquei surpresa e satisfeita, com o que vi. Acredito que a proposta do local traga, além do desenvolvimento turístico, o do conhecimento também, devido ao que é oferecido para os estudiosos, cientistas e alunos. O Bioparque Pantanal é o maior aquário de água doce do mundo e será, sem dúvidas, um grande atrativo não só de Campo Grande, mas de Mato Grosso do Sul”, afirmou.

O auditor do Estado, José Carlos Bombassaro, comentou que: “poder conhecer o local e aprender foi muito bom. Uma obra bonita, moderna, inovadora, será muito bom as pessoas conhecerem porque é algo nada parecido na região. Uma novidade surpreendente”.

Para a responsável pelo Centro de Informações Estratégicas e auditora do Estado, Ana Luiza Gonçalves, a população ficará encantada. “Está muito bonito, diversificado e o fato dos guias explicarem cada canto do local é muito enriquecedor, tenho certeza que será um sucesso. A obra é comparada a um prédio de seis andares, então, imagina que surpresa poder explorar todos os espaços; além disso, poder estar literalmente dentro de um aquário - o que a gente vê geralmente em filmes - é muito legal”, finalizou.

Segundo o controlador-Geral do Estado, Carlos Eduardo Girão de Arruda, a obra "inova trazendo aos cidadãos de Mato Grosso do Sul geração de conhecimento, ciência, empregos e turismo, mas também, sobretudo, propiciando um lazer cultural às novas gerações, fortalecendo o sentimento de necessidade de preservação de nossas riquezas naturais para conhecimento e contemplação de nossos descendentes”, finalizou.

Visitação

O espaço de experiência e conhecimento abrirá para o público em geral no dia 1° de maio e o início do agendamento começará na próxima sexta-feira, 22 de abril, mesmo dia que será lançado o site do Bioparque Pantanal onde estarão disponível a agenda e o cronograma para visitação.  Tudo será feito, exclusivamente, pelo site no qual o usuário fará um cadastro de acordo com o segmento:

  • escolas, que ficará a cargo da SED (Secretaria de Estado de Educação);
  • trade turístico, a critério da FundTur (Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul);
  • público em geral; e
  • institucionais.

Depois do cadastro, será gerado um voucher contendo a data e horário da visita. A capacidade do Bioparque Pantanal é de 300 pessoas/dia. O horário de funcionamento, a partir de maio, será de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e, das 13h30 às 17h30. Aos sábados o horário de atendimento é das 7h30 às 11h30.

Veja mais detalhes do Bioparque Pantanal neste link.

Texto e fotos: Karla Tatiane, CGE-MS

Publicado por: kjesus@segov

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.